Contra reorganização, alunos ocupam escola Otoniel Mota

Blog do Galeno
01/12/2015

Maior escola estadual de Ribeirão Preto é a primera da cidade a aderir à mobilização estadual, que já ocupa quase 200 unidades.

A Escola Estadual Otoniel Mota foi ocupada pelos alunos nesta terça-feira (1°/12) de manhã, em manifestação contra a reorganização das escolas estaduais. Apesar da maior unidade da cidade atender ao Ensino Médio e ter ficado de fora da lista de mudanças, os estudantes entendem que o fechamento de 94 escolas e o remanejamento de 942 alunos no Estado signifique a piora do ensino público e a falta de diálogo entre governo e comunidade. "Quem não protesta contra o mal, coopera com ele", diz o cartaz afixado no portão da Otoniel Mota. 

Os cerca de 100 alunos que agora tomam a unidade conhecida como "Estadão" se reúnem em assembleia para a primeira mobilização do tipo na cidade, que se une a quase 200 outras escolas mobilizadas em todo o Estado de São Paulo. Na região, outras três unidades estão ocupadas por alunos, em Sertãozinho: Bruno Pieroni e Ferrucio Chiaratti, desde semana passada. Nesta semana, a escola Nicia Fabiola Zanutto Giraldi também aderiu ao movimento, na cidade próxima.

"As ocupações são uma oportunidade para discussão de outro modelo de escola pública", diz ao Blog do Galeno Ribeirão o professor e colunista Fábio Sardinha, que participa da ocupação da escola Professor Bruno Pieroni, em Sertãozinho.

Após as reuniões de hoje, serão escadalos na recém-ocupada Otoniel Maia quais alunos falarão com a imprensa.

Foto: Leonardo Santos

Leia também:

Fábio Sardinha: Uma outra escola pública

Fábio Sardinha: Remanejamento de cima para baixo