Blog do Galeno Observatório do Livro e da Leitura

23 de setembro de 2018

As versões para Instagram de clássicos da literatura

Camilo Rocha 28/08/2018

Projeto da Biblioteca Pública de Nova York adapta livros para serem lidos na rede social, com páginas animadas e ilustrações inéditas

Instagram livros

A Biblioteca Pública de Nova York, que detém uma das maiores coleções de livros do mundo, começou a usar o Instagram para divulgar clássicos da literatura.

Em uma série chamada InstaNovels (Insta Romances, em tradução livre), a instituição apresentará obras na íntegra, com o texto acompanhado de páginas animadas e ilustrações produzidas especialmente para o projeto.

A primeira obra a ser oferecida na série é “Alice no país das maravilhas
(https://www.instagram.com/stories/highlights/17944110319188491/)”, do inglês Lewis Carroll. Inicialmente, seis capítulos do total de 12 contidos no livro foram disponibilizados no aplicativo de fotos. A outra metade do livro foi liberada alguns dias depois.

Os próximos títulos da coleção serão “O papel de parede amarelo”, de Charlotte Perkins Gilman, e “A metamorfose”, de Franz Kafka.

Segundo explicou a biblioteca em nota (https://www.nypl.org/press/press-release/august-22-2018/new-york-public-library-introducesclassic-literature-instagram), o fundo das páginas é um branco “mais caloroso” que é mais fácil de ler na tela. A fonte tipográfica é Georgia, que “presta tributo à história da palavra escrita em impressões e no digital”. Essa fonte seria uma das primeiras “serifadas” projetadas para a tela.

“Sem querer, o Instagram criou a estante perfeita para esse novo tipo de romance online. Da maneira com que se vira as páginas até o lugar onde você descansa o polegar enquanto lê, a experiência é sem dúvida como ler um romance de bolso”, descreveu uma das sócias da agência envolvida no projeto. “Temos de promover o valor da leitura, especialmente com as ameaças que existem hoje contra o sistema educacional americano.”

De acordo com o Wall Street Journal (https://www.wsj.com/articles/nyc-library-takes-novel-approach-posting-books-to-instagram-1534910461), o programa teria custado à biblioteca menos de US$ 10 mil. O orçamento anual da instituição é de US$ 345,9 milhões. Uma agência publicitária independente ficou a cargo de adaptar as histórias para o Instagram.

Mais Leitura digital

Todas as notícias sobre "Leitura digital"

Receba por e-mail


Cadastre-se!

Livrômetro

Relógio da leitura no Brasil

572.400.000

Livros lidos em 265 dias de 2018 no país

Publicidade