Blog do Galeno Observatório do Livro e da Leitura

16 de outubro de 2018

Acesso a livros e apoio de adultos aumentam oportunidades de aprendizado para crianças

G1 06/05/2018

combinação entre um programa inovador de distribuição gratuita de livros infantis em áreas de baixa renda e o suporte de adultos que encoragem a leitura podem aumentar a alfabetização as crianas e as oportunidades de aprendizado, segundo um estudo da Escola de Cultura, Educação e Desenvolvimento Humano da NYU Steinhardt, em Nova York, nos Estados Unidos.

"A proximidade física e psicológica dos livros é importante quando as crianças começam a desenvolver sua alfabetização", afirma Susan Neuman, professora de educação infantil e alfabetização da NYU Steinhardt. Ela é a principal autora do estudo. "As crianças precisam ter acesso a livros em seus bairros, assim como ter por perto adultos que criem um ambiente que inspira a leitura", afirma.

A recomendação não é propriamente nova, já que a Academia Americana de Pediatria já indica que pais leiam para seus filhos desde o nascimento. Entretanto, um estudo da NYU em três cidades mostra que o acesso aos livros continua sendo uma barreira importante.

O estudo atual foi financiado pela empresa JetBlue e publicado na revista Urban Education. Ele analisa o esforço de toda uma comunidade para promover o acesso à leitura com a distribuição de obras em bairros que eram considerados "desertos de livros". Foram selecionados quatro bairros de baixa renda (três em Detroit e um em Washington) que receberam as máquinas de distribuição gratuita de livros nos meses de verão.

As máquinas tinham livros da Random House Children's Books organizados por faixa etária, incluindoobras de ficção e não-ficção. A cada duas semanas o catálogo disponível era renovado para incentivar o retorno dos participantes.

 

Metodologia

 

O estudo buscava entender como, por que e de que maneira as máquinas foram usadas. A professora Neuman e sua coautora, Jillian Knapczyk, usaram várias estudaram os locais das máquinas, os padrões de tráfego em torno deles e realizaram entrevistas com quem usava as máquinas.

As pesquisadoras também avaliaram as habilidades de leitura das crianças antes da instalação das máquinas e, novamente, no final do verão. Outra preocupação foi determinar a influência do apoio de adultos. Os pesquisadores descobriram que dar acesso e apoio aumenta as oportunidades das crianças de aprender.

As máquinas distribuíram mais de 64.000 livros. O principal apontamento do estudo é que as crianças que fizeram visitas semanas e estavam acompanhadas dos pais obtiveram um percentual de proficiência na leitura de 46% contra um percentual de 29% daqueles que não fizeram retiradas regulares de livros e estavam desacompanhadas dos pais.

"Nosso estudo fornece um contraponto claro contra a visão de que os pais de baixa renda são menos inclinados e menos interessados ??na educação de seus filhos. Este estudo desafia essa visão e fornece um cenário alternativo, reconhecendo que fornecer acesso a recursos - atingindo famílias onde elas estão - e encorajar o apoio de adultos pode ser um facilitador chave para melhorar o engajamento dos pais e o desenvolvimento inicial da alfabetização das crianças ", disse Neuman.

Mais Pelo mundo afora

Todas as notícias sobre "Pelo mundo afora"

Receba por e-mail


Cadastre-se!

Livrômetro

Relógio da leitura no Brasil

622.080.000

Livros lidos em 288 dias de 2018 no país

Publicidade