Blog do Galeno Observatório do Livro e da Leitura

23 de novembro de 2017

Estudante de Manaus cria locadora de livros e garante renda extra

Larissa Cavalcate - A Crítica - 15/10/2017

Uma jovem apaixonada por leitura decidiu disponibilizar sua coleção de livros para locação. Quem gosta de ler e às vezes não tem condições de comprar determinado exemplar, pode agora alugar por um preço bem baratinho.

Em um país onde as pessoas dedicam pouco tempo aos livros – em média, apenas dois são lidos por ano, segundo a pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, do Instituto Pró-Livro, a Locadora Viagens Literárias cumpre um papel importante de difusão da leitura.

A universitária Monique Braga, 19, possui uma verdadeira biblioteca em casa. São mais de 520 livros acumulados ao longo dos anos. Com todos esses livros parados na estante, a jovem teve a ideia de disponibilizar os exemplares para aluguel. Foi então que surgiu a locadora Viagens Literárias, iniciativa pioneira em Manaus que está funcionando há um mês.

“A paixão pela leitura nasceu quando eu ainda era criança e a minha mãe sempre me incentivou. Faço parte de um grupo de blogueiras literárias aqui do Amazonas e durante os eventos que já realizamos, observei que muitas pessoas deixam de ler por não ter condições de adquirir os livros em função do valor estabelecido pelas editoras. Pensei, é melhor disponibilizar o meu acervo para leitura do que deixá-lo parado”, explicou.

Renda Extra
Incentivar o acesso das pessoas a leitura por um preço acessível permite a estudante ganhar uma renda extra. Ela já possui planos para desenvolver o seu próprio negócio. “No momento, estou apenas guardando o dinheiro para expandir a locadora. Pretendo ampliar o acervo com novos lançamentos, abrir um espaço físico porque o meu quarto já está ficando apertado e até realizar eventos, por exemplo, um café literário”, disse.

Acervo
Inclui obras de diferentes gêneros, romance, suspense, terror, fantasia, policial e ficção científica. O aluguel do livro é de quatro a seis reais por semana dependendo da quantidade de páginas e encadernação. As edições especiais em capa dura e em outros idiomas possuem valor especial em virtude dos cuidados que demandam. Não há um limite de dias para aluguel nem a quantidade de títulos. Monique contou que para os leitores interessados em alugar os combos (coleção de livros), é possível negociar o valor e a locadora já planeja desenvolver o cartão fidelidade.

Na prática
Para alugar, os interessados podem contatar a Monique por meio das redes sociais. Um integrante da locadora encaminhará para o leitor a lista de títulos disponíveis, o contrato de aluguel junto com as regras de uso. Após essas etapas, é combinado um local público para ser feita a entrega dos livros.

Opinião
“A iniciativada Monique é sensacional. Muito boa.Eu gosto de e-books. Tenho um leitor digital Kindle no entanto, os livros digitais tem sido uma polêmica no universo dos leitores. Ter um Kindle me permite o acesso a uma infinidade de livros digitais gratuitos na internet, inclusive, com qualidade. Fora o serviço de assinatura Kindle unlimited, é da Amazon, e permite o uso de biblioteca de livros digitais ao mês pelo valor de R$ 19,90. Alguns livros da literatura universal, como Dom Casmurro, estão liberados no domínio público (site governamental). Não é barato comprar livro, mas ainda há sim há quem prefira livros físicos e as editoras investem nisso através dos livros pockets (de bolso) que são baratos e acessíveis”, ressaltou a servidora pública e leitora assídua, Keyseane Silva.

Mais Boas ideias

Todas as notícias sobre "Boas ideias"

Receba por e-mail


Cadastre-se!

Livrômetro

Relógio da leitura no Brasil

704.160.000

Livros lidos em 326 dias de 2017 no país