Blog do Galeno Observatório do Livro e da Leitura

24 de março de 2017

Na Espanha, vendas de eBooks chegam a dois dígitos

Leonardo Neto - Publishnews - 13/03/2017

O PublishNews começou março com uma série que tem mostrado dados e informações sobre os mercados de livros de países que tem representantes na PubMagNet, um grupo de jornalistas e observadores da indústria global de livros que se reuniu em Paris no último fevereiro. O país de hoje é a Espanha. Em 2015, o mercado editorial espanhol viveu um pequeno aumento de 2,8% nas vendas. Dados preliminares reunidos pela Dosdoce, a representante do país na PubMagNet, apontam que isso se repetirá em 2016. Javier Celaya, que está à frente da empresa, ressalta que os dados oficiais devem sair entre maio e junho próximos. “Diferentes fontes indicam que em 2016, nós teremos novamente um pequeno aumento nas vendas gerais, que deve ser de 3 a 3,5%”, comentou Celaya.
“No entanto, quando esses dados gerais são analisados em detalhe, o que se vê é que o aumento das vendas é devido às vendas de livros didáticos e não de livros ‘trade’”, aponta o colega. Esse segmento (literatura, não ficção, etc) permaneceu estável, enquanto que o mercado de literatura infantojuvenil teve uma queda de 5%.
Celaya lembra que o último bom ano do mercado espanhol foi 2008. “De 2009 a 2015, mais de 600 milhões de euros simplesmente desapareceram da indústria editorial espanhola. Isso por conta da grave crise financeira pela qual o país passou”, aponta.
Digital
O livro digital foi o único motor de arranque do setor editorial em 2016, segundo disse Celaya. “Todos esperam ver as vendas de livros digitais finalmente alcançassem os dois dígitos em 2016. Em 2015, esse segmento representou algo em torno de 6% das vendas. Em 2016, as vendas devem alcançar os 10%”, conjectura. Celaya evidencia ainda uma peculiaridade do mercado de livros digitais da Espanha: a maioria dos editores apontam que mais de 60% das suas vendas digitais são realizadas fora da Espanha (50% na América Latina, 20% nos EUA e 10% no resto da Europa).
Mais vendidos
A lista de mais vendidos na Espanha foi liderada em 2016 por Fernando Aramburu, com o livro Patria (Planeta). Na sequência aparecem: El labirinto de los espíritus (Planeta), de Carlos Ruiz Zafón; Todo esto te daré (Planeta), de Dolores Redondo; Falcó (Penguin Random House), de Arturo Perez-Reverte; Los herdeiros de la terra (Penguin Random House), de Idelfonso Falcones; Animales fantásticos y donde encontrarlos (Salamandra), de J.K. Rowling; Manual para mujeres de la limpeza (Penguin Random House), de Lucia Berlin; Harry Potter y el legado maldito (Salamandra), de J.K. Rowling; Tú no eres como otras madres (Errata Naturae Editores), de Angelika Schrobsdorff, e El asesinato de Sócrates (Planeta), de Marcos Chicot.

Mais Leitura digital

Todas as notícias sobre "Leitura digital"

Receba por e-mail


Cadastre-se!

Livrômetro

Relógio da leitura no Brasil

177.120.000

Livros lidos em 82 dias de 2017 no país